terça-feira, 4 de julho de 2017

Yves Klein



Yves Klein (1928-1962) Nasceu en Nice e morreu de infarto do miocárdio em Paris. Seus pais Fred e Marie Raymond eram pintores. Yves Klein estudou na Escola Naval da Marinha Mercante e na Escola Nacional de Línguas Orientais. Foi lutador de Judô e interessado em Filosofia oriental. Depois de formado, tornou-se amigo do artista franco/americano Arman e começou a pintar. Dedicou-se também a fotografia ao jiu jitsu e a filosofia. A sua fase monocromática iniciou-se em 1960 com o uso de azul. Klein disse ter descoberto uma nova tonalidade e a patenteou com o nome de Blue International Klein (BIK). O azul era uma referência aos valores imateriais. Alguns consideram como Neodadaísta, outros como artista conceitual puro e para poucos foi um dos precursores da arte contemporânea. Nesse mesmo ano fundou o movimento Nouveau Réalism. Seu espólio é representado pela Galerie Gmurzynska.



The Victory of Samothrace, 1962, Coleção particular.



L'Esclave Micelangelo, 1962. Coleção Particular.


R.E. 9-1, 1961. Coleção particular.


Eponge, 1961. MoMA, Nova York.


Architeture de l'Air (ANT 102) 1961



Anthropometrie "Le Buffle" (ANT 93), 1961. Coleção particular.



Untitled. Fire Painting (F 81), 1961. Guggenheim Museum, Nova York.


Hiroshima (ANT 79), 1961. The Menil Collection.


Ex-Voto Dedicated to Saint Rita of Cassia, 1961. Walker Art Center.


Relief Epongé Blue (RE 39), 1961.


Yves Klein Sem título, 1960.



Large Blue Antropometry, 1960. Guggenheim Museum, Nova York.


Untitled Anthropometry, (ANT 84) 1960


Anthropometry, 1960. Hishorss Museum of Sculpture and Garden.



Le Rose du Bleu RE 22, 1960. Coleção particular.


Leap into the Void, 1960. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Vent Paris-Nice (Cosmogonie-CCS 10), 1960.

Untitled. Red Monochrome (M63), 1959. Guggenheim Museum, Nova York.



IKB, 1959. Tate Gallery, Londres.


Blue Sponge, 1959. Guggenheim Museum, Nova York.



IKB Postage, 1958. Guggenheim Museum, Nova York.


Monochrome Painting IK22, 1957.

Untitled, 1954. Obra dedicada a sua tia Rose Raymond.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now