sexta-feira, 28 de julho de 2017

James Tissot





James Joseph Jacques Tissot (1836-1902) Nasceu em Nantes, França e morreu em Buillion. Estudou na École de Beaux-Arts, Paris, sendo aluno de Ingres e Lamothe. Aos 23 anos, participou do Salão de Paris. Foi convocado para lutar na Guerra Franco-Prussiana. Após a baixa passou a viver em Londres. Lá estudou com S. Haden e trabalhou como caricaturistas. Conheceu Kathlen Newton com quem se casou e tornou-se sua modelo. Manteve contato com os Impressionistas Degas, Manet e Berthe Morissot, sem se associar ao movimento. Após a morte de sua mulher, viajou para a Palestina, onde dedicou-se a produção de obras com temas bíblicos. Voltou para a França e passou os últimos anos de sua vida a pintar cenas do Velho Testamento. O Museu do Brooklyn abriga uma coleção de cerca de 500 obras do artista.



Le Balcon du Cercle de la rue Royale (The Circle of the Rue Royale), 1868. Musée d'Orsay, Paris.


La Patie Carrée, 1870. Art Renewal Center.

Bad News, 1872. National Museum Cardiff.


Still on Top, 1873. Auckland Art Gallery.


On the Tames, 1874, Coleção particular.

Tea, 1875. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Le Patriarche Latin de Jérusalen, 1875.

Spring in the Morning, 1875. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Portsmouth Dockyard, 1877. Tate Gallery, Londres.

 Kathleen Newton In An Armchair, 1878. Coleção particular.

Orphan, 1879. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


The Ball, 1880. Musée D'Orsay, Paris.


Goodbye on the Mersey, 1880.


The Prodigal Son in Modern Life: The Return, 1882. National Gallery of Washington.


The Traveler, 1885. Leeds Museums and Galleries, Leeds.


Self-Portrait, 1888. Coleção particular.

The Prophet Isaiah, 1888. Aquarela. Brooklin Museum

Cain Menant Abel à La Mort, s.d. Jewish Museum.

Etude, 1890.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Paralela Eixo 2017


paralela EIXO 2017 //  mostra de arte que será realizada na semana da ArtRio.
Faremos uma projeção da exposição 3D em um dos espaços na  antiga Fábrica da Bhering - ( Rio de Janeiro ) no dia 16 de Setembro de 2017.
 Interessados em expor enviem o seu portfólio para:

t twoninethree in-residence at Luciana Brito Galeria

t twoninethree in-residence at Luciana Brito Galeria
sábado, 5 agosto . Saturday, August 5th
15h às 19h . From 3pm to 7pm    
Av. Nove de Julho, 5162
                                                        Tris Vonna-Michell, Register, 2017
Clique aqui para ver o press release com mais informações

Luciana Brito Galeria
Av. Nove de Julho, 5162
São Paulo Brasil 55 11 3842 0634

lucianabritogaleria.com.br

*Sugerimos utilizar Uber ou taxi. Estamos entre as ruas Suécia e Noruega

Visualidades Contemporâneas do Porto de Santos Pinacoteca Benedicto Calixto, Santos



Paisagens Fragmentadas - André de Miranda na CAsA



CASA – OBRAS SOBRE PAPEL RECEBE A INDIVIDUAL “PAISAGEM FRAGMENTADA” COM GRAVURAS DE ANDRÉ DE MIRANDA, ATÉ 29 DE JULHO
RENOMADO GRAVADOR TRAZ XILOGRAVURAS E DESENHOS A BELO HORIZONTE

Com uma obra reconhecida por explorar uma poética urbana em suas gravuras, o carioca André de Miranda traz a série de xilogravuras e desenhos “Paisagem Fragmentada” em uma exposição individual, na cAsA – Obras Sobre Papel, até o dia 29 de julho.
Após 10 anos trabalhando na série Xilocidade, em que utilizava elementos de arquitetura antiga impressas em classificados atuais de jornal, o artista passou a trabalhar novos elementos, mais cores, mas mantendo sua preocupação com a cidade e sua memória. “Eu me preocupo muito com o urbano, com os imóveis tombados, pois moramos num país sem passado. Trabalho formas arquitetônicas, paisagens da cidade e da minha memória afetiva com ela”, conta o artista.
São 60 obras na mostra, entre as xilos e os desenhos que são estudos de André de Miranda antes de realizar a obra. São “pré-xilos” feitas à tinta china e bico de pena. André de Miranda é um reconhecido gravador e tem mais de 30 anos de carreira na arte contemporânea. Também é desenhista, ilustrador e artista educador.
O convite para a exposição na cAsA partiu da diretora artística Lúcia Palhano, que mantém o espaço exclusivo para a arte sobre papel. “São apenas dois lugares dedicados à arte sobre papel no Brasil. É difícil armazenar essas obras, trabalhar com papel custa caro e esta iniciativa é raríssima. A cAsA tem uma estrutura muito interessante, um acervo maravilhoso e em seu curto período de vida já realizou importantes exposições. Sinto-me muito honrado com essa mostra”, finaliza o artista.





SERVIÇO:
Paisagem Fragmentada, por André de Miranda
Visitação: de 9 de junho a 29 de julho.
De segunda a sexta, das 10h às 19h. Aos sábados de 10h às 14h.
Local: cAsA - Obras Sobre Papel (Av. Brasil 75 - Sta. Efigênia).
Informações: (31) 2534-0899
Entrada franca

Sobre André de Miranda:
André iniciou sua atividade artística aos 15 anos no Rio de Janeiro. Estudou desenho e pintura com Jemile Diban e Maria Cecília de Castro Pinto; xilogravura com Ciro Fernandes, Marcelo Soares, J. Borges e Anna Carolina; gravura em metal com Marcelo Frazão e Heloísa Pires Ferreira. Estudou Desenho de Artes Gráficas e Desenho de Propaganda no SENAI/RJ.  Foi membro do Núcleo de Gravura do Rio Grande do Sul. Residiu na cidade de Curitiba – PR, de 2004 a abril de 2008.
Já realizou mais de 300 exposições individuais e coletivas tanto no Brasil como no exterior. Recebeu muitos prêmios ao longo a carreira, entre os principais:
2011 - Menção Especial na 5ª Beienal de Gravura Olho Latino; 2004 - 9º Premi Internacional de Grabado - Premi el Caliu; 2003 - 8º Premi Internacional de Grabado - Premi el Caliu 2003; 2001 - 49o Salão de Artes de Piracicaba, São Paulo; 1997 - Salão Fundação Cultural de Maricá, Rio de Janeiro; 1985 -1Salão de Artes CIAGA – RJ; 1979 - Salão do Museu da Cidade do Rio de Janeiro, RJ.
Possui obras em importantes acervos, dentre eles: Pinacoteca de São Paulo; Museu Oscar Niemeyer, Curitiba/PR; Pinacoteca Municipal de Araraquara/SP; Hälsinglands Museum, Suécia; Museum and Gallery Bitola, Macedônia; Hokkaido Museum of Modern Art, Japão; Florean Museum, Romênia; Taiwan Museum of Art, China; Rotary Club Acqui Terme, Itália; Musée de Saint-Maur, França; Museo Comarcal de la Garrotxa, Espanha; Museo Escuela de Bellas Artes Carlos Morel, Argentina; Galerie Gravicel – França; Gallery Art Grafic – Bulgaria; Ino-Cho Paper Museum – Japão. Casa da Gravura Solar do Barão – Curitiba/PR; Prefeitura Municipal de Brasilândia, MS; SESC Rio de Janeiro, RJ; Biblioteca Nacional – Rio/RJ.

Exposição variações sobre a estética Mercedes Viegas Arte Contemporânea



Programação Iberê | 29, 30 e 31 de julho



Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now